projeto educativo

Um Projeto Educativo é um documento onde ficam explicitadas as abordagens, os meios, as diretrizes e os objetivos para a ação educativa a longo prazo. Funciona como “ordenador da vida escolar, dotando-a de coerência e de uma intencionalidade clara” (DIOGO, Fernando e CARVALHO, Angelina, 1994).

 

A nossa escolha de projetos fundamenta-se, primeiramente, na identificação - no seio da comunidade educativa - de uma questão problemática sobre a qual queremos intervir. São então definidos os objetivos que nos propomos alcançar, bem como um conjunto de linhas orientadoras que norteiem a nossa ação educativa.

com as famílias

Para nós, enquanto Instituição, urge garantir que esta ação seja dotada daqueles que consideramos os valores basilares para um desenvolvimento da criança que pretendemos equilibrado e estruturado, nomeadamente: o respeito, a tolerância, a empatia, a cooperação e interajuda. Pretendemos que este equilíbrio seja adquirido através de uma noção progressiva daqueles que são não apenas os nossos direitos mas também os nossos deveres. Em suma, é nosso desejo que os nossos utentes cresçam com uma consciência clara de quem são, dos seus potenciais e limitações, desenvolvendo a capacidade de reconhecer no Outro um outro Eu, tornando-se, assim, cidadãos aptos, despertos e pró-ativos.

Tanto a família como a escola desejam a mesma coisa: preparar as crianças para o mundo; no entanto, a família tem as suas particularidades que a diferenciam da escola e necessidades que a aproximam dessa instituição. A escola tem a sua metodologia e filosofia, no entanto, necessita da família para concretizar o seu projeto educativo.

Parolin, 2003, p.99

 

A escola nunca educará sozinha, de modo que a responsabilidade educacional da família jamais cessará. Uma vez escolhida a escola, a relação com ela apenas começa. É preciso o diálogo entre escola, pais e filhos.

Reis, 2007, p.6

Nesta interação que consideramos fundamental e que pretendemos que seja de comunicação franca, interajuda e apoio, tentamos desenvolver, ao longo do ano letivo, algumas estratégias que aproximem a vida familiar da vida escolar e que possibilitem uma aprendizagem conjunta, nomeadamente:

 

plano anual de atividades

setembro 2019

12 · Dia de Boas Vindas

19 · Reunião Geral de Pais

28 · Piquenique

janeiro 2020

6 · Cantamos as Janeiras

abril 2020

1 · O Teatro vem à Escola

25 · A Revolução dos Cravos

outubro 2019

24 a 25 · Bazar do Espaço Júnior

25 · Fotografias de Natal

novembro 2019

11 · Compotas

11 · “Quem quer quentes e boas?” – Magusto

23 · Oficina de Natal

dezembro 2019

Durante o mês · Venda de Natal

19 · Festa de Natal

20 · O Teatro vem à Escola

24, 26 e 31 · Estamos encerrados

fevereiro 2020

21 · Carnaval

​25 · Estamos encerrados

maio 2020

4 · Dia da Mãe

14 ·Passeio de Final de Ano – Creche e Pré-Escolar

21 a 22 · Bazar do Espaço Júnior

29 · Dia da Criança

março 2020

19 · Dia do Pai

junho - julho 2020

22 jun a 3 jul · Vamos à praia

24 · Master de Dança no Jardim de Moscavide

17 Julh. · Caracolada

 

serviços

Aprender uma segunda língua nos primeiros anos de vida pode ser uma opção muito compensadora. O bilinguismo estimula a inteligência, a criatividade e é um passo à frente para competir no mercado de trabalho. Há ainda quem acredite que falar dois ou mais idiomas mantém o cérebro em forma e reforça a função mental.

Catarina Madeira

Trabalhamos, desde 2005, com o The Kids Club® - uma equipa de professores qualificados que preparam as suas aulas de acordo com as características das faixas etárias e respetivos interesses, utilizando uma metodologia lúdica e dinâmica.

www.kidsclub.pt/centro/

inglês

música & dança

Grande parte dos educadores modernos são unânimes em afirmar que a música tem um verdadeiro poder educativo. Por essa razão, pretendem que seja não somente ouvida, mas praticada por todas as crianças.

Edgar Willems

(…) fornecer estímulos auditivos que, desencadeando simultaneamente um trabalho físico e intelectual, vão tornando o corpo da criança um instrumento cada vez mais obediente às ordens do cérebro (…). Além da resultante confiança em si própria que a criança vai ganhando, a Educadora ao propor ritmos para serem interpretados livremente, irá não só estimular a sua imaginação como fazê-la apreciar o espaço (…).

Prof. Sant'Ana Cardoso

Trabalhamos desde o ano de 2002 com a BebéArte e a ComPasso. As aulas são lecionadas por equipas de uma professora de música e uma de dança que alternam entre si quinzenalmente. A sua estratégia passa por apresentar a aula como um pequeno espetáculo, na qual são utilizados contos e histórias infantis – as crianças tornam-se pequenos artistas orientados pelas professoras que desenvolvem os respetivos conteúdos programáticos. A BebéArte abrange as idades do 4 aos 24 meses e a Compasso dos 3 aos 5 anos de idade.

www.bebeartecompasso.com/

Espaço Junior mascote
Rua Doutor João Gomes Patacão, 26 B | 1885-046 Moscavide